Jovens que morreram em incêndio no CT do Flamengo eram promessas do time
Domingo | 21 de Abril de 2019  |    (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
 (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Sexta-feira | 08 de Fevereiro de 2019    15h56

Jovens que morreram em incêndio no CT do Flamengo eram promessas do time

A identidade das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu foi divulgada no começo desta tarde

Fonte: Lance/Correio 24H
Foto: Reprodução/Correio 24H

O incêndio que atingiu o Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, no Rio, na madrugada desta sexta-feira (8), interrompeu a trajetória de 10 pessoas, a maioria delas promessas do futebol brasileiro, incluindo um goleiro que já tinha passagens pela Seleção Brasileira de base. Veja abaixo um breve perfil de algumas das vítimas já identificadas pelo Corpo de Bombeiros, incluindo os feridos.

Arthur Vinicius
Natural de Volta Redonda (RJ), o rapaz faria 15 anos de idade nesse sábado (9). Apesar de viver no Ninho do Urubu, ele costumava voltar para sua cidade natal. Zagueiro, era sobrinho de Andinho, ex-jogador do Volta Redonda.

Athila Paixão
Após passar por escolinhas de base em Lagarto (SE), onde nasceu, Athila, 15, conseguiu uma vaga no clube carioca, onde atuava desde abril do ano passado.

Christian Esmério
Goleiro, Christian Esmerio Candido, 15 anos, era uma das grandes promessas da base rubro-negra. Ele já foi convocado algumas vezes para a Seleção Brasileira de base e realizou treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Em dezembro e janeiro, o time sub-15 do Brasil teve um período de treinamentos na Granja Comary com vistas a torneios em 2019. Em seu Facebook e Instagram é possível ver fotos de Christian com o técnico Tite, da seleção principal, e com a atacante Marta, do time feminino, em Teresópolis. Evangélico da Igreja da Restituição Ministério, ele tinha um ídolo em especial: a sua mãe. No início de janeiro, escreveu em seu Facebook uma declaração de amor. "Obrigado meu Deus por me permitir ser o filho desta Mãe maravilhosa, que me ensinou o que é o amor!", foi a última parte de um longo texto dedicado a ela.

Jorge Eduardo
Chegou ao Flamengo aos 13 anos de idade, e tinha 15 anos. Natural de Além Paraíba (MG), na divisa com o Rio, começou a jogando futsal, aos 6 anos de idade, onde conquistou vários títulos. Em 2015, foi artilheiro de um campeonato de futsal e chamou a atenção de olheiros.

Pablo Henrique 
Primo do zagueiro Werley, do Vasco, Pablo Henrique da Silva Matos tinha 14 anos e era natural de Oliveiras (MG). A Câmara Municipal de sua cidade natal lamentou a morte do atleta por meio de nota: "O adolescente era mais uma promessa do futebol oliveirense, mas infelizmente teve sua trajetória interrompida na manhã desta sexta-feira".

Bernardo Pisetta
Natural de Indaial (SC), era goleiro. No ano passado, atuava na base do Athlético-PR, mas foi transferido para o clube carioca em julho.

Victor Isaías
Natural de Florianópolis (SC), o atacante de 15 anos também tinha passagem pelo Athlético-PR. Antes, passou pelo Figueirense. Em agosto do ano passado foi transferido para o Flamengo.

Os outros mortos identificados são: Gedson Santos, Samuel Thomas e Kykelmo de Souza Vianna.

Feridos

Cauan Emanuel Gomes Nunes 
Em 2017, Cauan tem 14 anos chegou a disputar o Campeonato Cearense pelo Santa Cruz-CE e o Campeonato Futsal Colegial, pelo Salomé Bastos e Falcões da Vila, de Fortaleza. Segundo o G1, o atleta cearense está há três anos no Rio e, desde o ano passado, joga no Flamengo.

Jhonatan Ventura
Internado em situação mais grave, Jhonatan Cruz Ventura, 15, está com 40% do corpo queimado. Natural de Vila Velha (ES), atua como zagueiro. Antes das 10h, passou por cirurgia no Hospital Lourenço Jorge, e depois será transferido para o Hospital Pedro II, no Rio, que é referência no tratamento de queimados.

Francisco Diogo
Goleiro da base rubro-negra, Francisco Diogo Bento Alves, 15, está fora de perigo.

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2019.