1ª Conferência Regional dos direitos da Criança e do Adolescente é realizada em Rio Verde
Segunda-feira | 17 de Dezembro de 2018  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Terça-feira | 04 de Dezembro de 2018    08h22

1ª Conferência Regional dos direitos da Criança e do Adolescente é realizada em Rio Verde

O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA e a Secretaria Municipal de Assistência Social de Rio Verde de MT-MS, promoveram na sexta-feira, no auditório da Prefeitura Municipal de Rio Verde, a 1ª Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Fonte: Rio Verde MS
Foto: Assessoria

O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA e a Secretaria Municipal de Assistência Social de Rio Verde de MT-MS, promoveram na sexta-feira, no auditório da Prefeitura Municipal de Rio Verde, a  1ª Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente.
A I Conferência Regional convocada pelo Decreto nº 2.141, de 10 de outubro de 2018 do Prefeito do município de Rio Verde, com a participação dos Municípios de Camapuã, Pedro Gomes Rio Negro e Rochedo,  com a  finalidade de garantir a Implementação da “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências.  Na abertura oficial, foi executado o Hino Nacional, e logo após a Escola de Música Som do Pantanal fez  apresentação de duas músicas regionais.  
A  Presidente  do Conselho, Luciene Duailibi,  convidou  demais presidentes e fez a abertura do evento, agradecendo a presença de todos.
O tema proposto pelo CONANDA este ano é: “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, tem por objetivo enfatizar a necessidade de colocar a temática das Crianças e Adolescentes no cenário político uma vez que estão longe de incorporarem a “agenda política” e isto se dá, em grande parte, pela timidez da “ação protagônica” deste segmento etário.
Houve  debates e proposições, com vários eixos  temáticos como a  Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; Prevenção e Enfrentamento da Violência contra Crianças e Adolescentes; Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes; Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes.
O evento contou com a participação de  Representantes dos Fóruns de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente; Sociedade civil organizada; Representantes locais dos poderes Legislativo, Executivo, Judiciário e  Ministério Público; Sociedade em geral; Conselheiros de Direitos e Tutelares; Atores sociais que atuam na rede de atendimento, promoção, garantias e defesa de direitos; Jovens e organizações juvenis, onde houver; Convidados do CMDCA  e os Municípios convidados, Camapuã, Rio Negro Rochedo e Pedro Gomes. O Prefeito de Rio Verde de MT-MS, Mário Alberto Kruger, Salientou que no atual momento político está sendo valorizado o ser humano. “ Nós estamos nos conscientizando dos nossos direitos e obrigações. Queremos agradecer a todos participantes desta  Conferência e sejam muito bem vindos a Rio Verde”. Concluiu  o  Prefeito.
A Vice Prefeita e Secretária de Assistência Social Dinalvinha Viana,  a gradeceu a  presença  da Delegada Andressa Vieira, a Defensora Juliana Esteves, ao Prefeito Mário Kruger, aos Presidentes dos Conselhos Municipais da Criança e  do Adolescente  em especial a Presidente do CMDCA de Rio Verde Luciene  Duailibi,  e  a todos os municípios presentes num momento tão especial que acontece em Rio Verde, em defesa dos direitos da criança e adolescente.  Essa 1ª Conferência  Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente, é muito importante, pois é  com as proposições vigentes que  contribuirá para a melhoria da qualidade de vida infanto-juvenil.
O objetivo da Conferência é o de mobilizar os integrantes do Sistema de Garantia de Direitos – SGD, crianças, adolescentes e a sociedade para a construção de propostas voltadas para a afirmação do princípio da proteção integral de crianças e adolescentes nas políticas públicas, fortalecendo as estratégias/ações de enfrentamento às violências e considerando a diversidade. 
Após a palestra, os participantes foram divididos em grupos, discutiram e apresentaram alternativas para o tema abordado e no final  escolheram os representantes para a conferência nacional. 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2018.