Rio Verde participa da expedição Alma Pantaneira 2018
Segunda-feira | 17 de Dezembro de 2018  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Terça-feira | 27 de Novembro de 2018    08h50

Rio Verde participa da expedição Alma Pantaneira 2018

Rio Verde, é um dos apoiadores da Expedição Alma Pantaneira, que percorre, o pantanal, cerca de 2 mil km entre Campo Grande-MS, Poconé-MT até Corumbá-MS

Fonte: Rio Verde MS
Foto: Divulgação

Rio Verde, é um dos apoiadores da Expedição Alma Pantaneira, que percorre, o pantanal, cerca de 2 mil km entre Campo Grande-MS, Poconé-MT até Corumbá-MS, oferecendo cuidados de saúde básica e prevenção em áreas isoladas. A Expedição contou com a participação da médica veterinária de Rio Verde, Flávia Caroline de Oliveira Leal, Coordenadora da Vigilância Sanitária de Rio Verde, a médica veterinária, Aline Rohr, que fizeram vacinação anti rábica, vermifugação, castração e orçamento da prevalência de leishmaniose em cães no pantanal, além da Drª Elisclay Silva coordenadora de saúde bucal de Rio Verde.  Ao todo, 22 profissionais voluntários viajaram em sete caminhonetes e dois jipes levando toneladas de bagagens, equipamentos médicos, insumos e doações. Só de medicamentos são 500 quilos. O arquiteto Geraldo Albanese, voluntário é um dos criadores do Alma Pantaneira juntamente com o filho Valdir Albanse, médico. As veterinárias Atuaram em casos de saúde pública, no caso as zoonoses, doenças que podem ser transmitidas a seres humanos, como raiva e leishmaniose, além de parasitas e vermes”. Os veterinários também fizeram pequenos procedimentos, como curativos e vacinação. Junto com toda a assistência de saúde. Os voluntários distribuiram ainda doações, como roupas, calçados e brinquedos.
A base de trabalho dos Médicos do Pantanal é oferecer cuidado às pessoas necessitadas, que sofrem com epidemias, emergências, desnutrição e exclusão do acesso à saúde. “
O grupo conta com apoio do Exército Brasileiro e da Marinha que, além da logística, também disponibilizam recursos humanos, veículos e materiais hospitalares. A iniciativa, que chegou a sua sétima edição neste ano, atendeu aproximadamente 500 pessoas e realizar 1,5 mil procedimentos diversos em 10 dias.  Rio Verde é um município pantaneiro e não poderia ficar de fora de uma iniciativa que almeja qualidade de vida aos colaboradores das propriedades, aos pantaneiros que muitas vezes ficam anos sem vir a cidade para cuidar da saúde, e isso muito nos motiva em especial, por ser um trabalho que alcança locais de difícil acesso, e que a população se mantém no pantanal por períodos prolongados”.sábado, 24 de novembro de 2018. 

 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2018.