Moro diz que usará modelo da Lava Jato para combater crime organizado
Domingo | 20 de Janeiro de 2019  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Quarta-feira | 07 de Novembro de 2018    09h14

Moro diz que usará modelo da Lava Jato para combater crime organizado

"A ideia é replicar no ministério as forças-tarefas adotadas na Operação Lava Jato", disse Moro.

Fonte: G1
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O juiz federal Sergio Moro disse na terça-feira (6) que atuará no comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a partir de 2019, utilizando o modelo da Operação Lava Jato para combater o crime organizado, que vai atuar sem "perseguição política" e disse que recebeu a sondagem para participar do governo em 23 de outubro, dias antes do segundo turno. 
"A ideia é replicar no ministério as forças-tarefas adotadas na Operação Lava Jato", disse Moro.
O juiz afirmou ter sido procurado em outubro, antes do segundo turno das eleições presidenciais, por Paulo Guedes (futuro ministro da Fazenda), para uma sondagem sobre uma participação no governo. E que em 1º de novembro se encontrou com Bolsonaro.
As declarações foram concedidas em Curitiba, na primeira entrevista coletiva concedida por Moro desde 2014, quando assumiu operação. Antes dos repórteres começarem as perguntas, o juiz fez um histórico da operação e disse ter aceitado o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para implantar no governo federal uma "forte agenda anticorrupção" e "contra o crime organizado". 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2019.