MP pede explicações sobre vazamento de conteúdo de prova em concurso
Sexta-feira | 14 de Dezembro de 2018  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Quarta-feira | 12 de Setembro de 2018    09h30

MP pede explicações sobre vazamento de conteúdo de prova em concurso

Fonte: Campo Grande News

O Ministério Público Estadual está investigando as denúncias sobre o vazamento do conteúdo da prova de digitação para os cargos de escrivão e investigador da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, realizado no último fim de semana em Campo Grande.
Conforme o promotor Marcos Alex Vera de Oliveira, da 30ª Promotoria de Justiça, foi registrado o caso de um candidato específico que deixou o local com a prova feita em mãos, quando o correto seria deixar o mesmo para que fosse feita a correção.
“Foi registrada uma notícia de fato para coleta de informações preliminares sobre eventual quebra de isonomia entre os candidatos e as circunstâncias do suposto vazamento. O Promotor está pedindo esclarecimentos à Comissão de Concurso. O promotor está pedindo esclarecimentos à Comissão de Concurso”, diz a nota do MPE. 
No caso, a candidata contou que fez a prova no sábado e saiu do local com a prova. O material foi parar em grupos de WhatsApp e candidatos que ainda fariam a prova no domingo tiveram acesso a parte do conteúdo aplicado.
Ainda no domingo, candidatos deixaram a Acadepol (Academia de Polícia) e se deslocaram para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro para registrarem boletim de ocorrência.
Em conversas de WhatsApp, um dos candidatos afirma que saiu da sala com a prova em mãos. “Eu saí com o texto e todos que estavam comigo na sala também”, contou. Outro candidato afirmou que teve acesso ao que foi aplicado antes do processo seletivo, não se preparou, porém o vazamento do conteúdo acabou lhe ajudando. “Eu vi a prova antes, não treinei, mas isso de certa forma me acalmou”, disse.

 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2018.