Gestão de recicláveis descartados foi tema de reunião entre Prefeitura, catadores e UEMS
Segunda-feira | 17 de Dezembro de 2018  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Quarta-feira | 15 de Agosto de 2018    09h11

Gestão de recicláveis descartados foi tema de reunião entre Prefeitura, catadores e UEMS

A Prefeitura de Coxim, por determinação de acordo judicial firmado com o Ministério Público de Mato Grosso do Sul em novembro passado, está tomando uma série de iniciativas para se adequar, em definitivo, à Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Fonte: Assessoria

Na sexta-feira (10 de agosto), a Prefeitura de Coxim, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável  e de sua Gerência de Meio Ambiente, promoveu reunião entre a Associação de Agentes Ambientais do Taquari - que reúne catadores e coletores de recicláveis de Coxim - e alunos e professores do Curso de Gestão Ambiental da UEMS Campus Coxim para estabelecer uma das parcerias que compõem o Plano Municipal de Gerenciamento de Resíduos Sólidos.
A Prefeitura de Coxim, por determinação de acordo judicial firmado com o Ministério Público de Mato Grosso do Sul em novembro passado, está tomando uma série de iniciativas para se adequar, em definitivo, à Política Nacional de Resíduos Sólidos.
As iniciativas e condicionantes dizem respeito à melhoria da qualidade de vida da população e ao respeito ao meio ambiente, haja vista que o município de Coxim está localizado na bacia pantaneira e o rio Taquari é um dos principais formadores do Pantanal.
O gerente municipal de Meio Ambiente, José Francisco de Paula Filho, explica que foi criada uma Comissão de Coordenação das Ações de Implementação do Plano Municipal de Gerenciamento de Resíduos Sólidos: "Várias ações e projetos estão sendo desenvolvidos, sob condicionantes estipuladas pelo acordo judicial entre a Prefeitura e MPE que envolve toda a cadeia dos resíduos sólidos".
"Os catadores de recicláveis cadastrados receberão uniformes e equipamentos de segurança; o lixão terá acesso restrito e passará a ser um aterro controlado, o município passará a realizar a coleta seletiva e será implantada uma Unidade de Triagem de recicláveis onde os catadores cadastrados vão trabalhar, entre outras ações que vão melhorar a forma como tratamos os resíduos em nosso município", explanou De Paula. 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2018.