Atriz da Globo, Letícia Almeida revela que foi agredida pela mulher do pastor, sua sogra
Sexta-feira | 14 de Dezembro de 2018  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Sexta-feira | 10 de Agosto de 2018    15h14

Atriz da Globo, Letícia Almeida revela que foi agredida pela mulher do pastor, sua sogra

Fonte: TV Foco

Atriz da Globo, Letícia Almeida e a polêmica envolvendo a sua filha continuam ganhando novos desfechos. Desde que ela fez a revelação sobre o verdadeiro pai da sua filha, Maria Madalena, de apenas seis meses, sua vida virou um dos assuntos mais comentados do país.

 

Agora, em entrevista ao jornal Extra, ela resolveu soltar o verbo e falar tudo que não disse até agora. Com apenas 22 anos de idade, ela disse que era vítima de agressões na casa do ex-marido, tanto da parte dele quanto da sua sogra, que é mulher de um pastor.

Ela disse que chegou a fazer um boletim de ocorrência na 16ª DP da Barra da Tijuca por danos, injúria e vias de fato. “No dia 20 de junho, mandei uma mensagem para a Sarah pedindo que ela deixasse a carteira de vacinação da Madá na portaria do condomínio. Eu a levaria ao pediatra na segunda-feira”, iniciou.

“Quando chegamos ao condomínio, eu, meu pai e a Madá, nosso carro foi fechado pelos carros do pastor Márcio e de seus seguranças, oito no total. Meu pai não entendeu, eu estava atrás com a minha filha na cadeirinha quando o pastor abriu a porta e tentou tirá-la”, explica.

“Eu comecei a gritar, o Saulo veio e tentou arrancá-la com truculência. Eu desesperada porque iriam pegar minha filha, meu pai foi contido pelos seguranças, e Saulo puxando a menina. Soltei para não machucá-la e fui atrás. Mas o Márcio gritava dizendo que a gente ia ver com quem tava lidando”, dispara.

“Pegaram o carro do meu pai e levaram para dentro do condomínio, liguei para minha advogada e quando estava no celular o Saulo veio pra cima de mim, jogo meu celular no chão, quebrou e sumiu com ele. Lá de dentro vem a mãe dele, a Simone me xingando de piranha e vagabunda”, relata.

“Ela partiu para cima de mim, rasgou minha roupa, vendo aquilo tudo, meu pai veio me defender e ela rasgou as roupas dele também. Chamamos a polícia e todos fomos para a delegacia. pedi uma medida protetiva porque estou com medo”, completou. Que confusão…

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2018.