O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem (12) aceitar uma denúncia contra o senador Agripino M
Domingo | 20 de Janeiro de 2019  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Quarta-feira | 13 de Junho de 2018    09h21

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem (12) aceitar uma denúncia contra o senador Agripino M

A Polícia Federal (PF) deflagrou, ontem (12), a segunda fase da Operação Registro Espúrio para aprofundar investigações sobre suposta organização criminosa que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos pelo Ministério do Trabalho

Fonte: G1
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A Polícia Federal (PF) deflagrou, ontem (12), a segunda fase da Operação Registro Espúrio para aprofundar investigações sobre suposta organização criminosa que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos pelo Ministério do Trabalho. O alvo desta fase da operação é a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ).
Por meio de sua assessoria, a deputada disse que recebeu os "procedimentos investigativos com surpresa, pois não tem papel nas decisões tomadas pelo Ministério do Trabalho". "Espero que as questões referentes sejam esclarecidas com brevidade e meu nome limpo", disse a parlamentar.
A partir do material apreendido na primeira fase da operação, a PF chegou até a deputada. Em análise de conversas de WhatsApp do funcionário do Ministério do Trabalho Renato Araujo Júnior, preso na primeira fase, a PF descobriu que foi a deputada quem o indicou para o cargo de chefia no ministério e quem controlava também a aprovação dos registros sindicais. 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2019.