Coxim e mais tres municípios vão receber novas viaturas para o SAMU
Sábado | 15 de Dezembro de 2018  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Terça-feira | 06 de Março de 2018    08h34

Coxim e mais tres municípios vão receber novas viaturas para o SAMU

Estado emplacou quatro prefeituras entre as 219 do país que terão direito aos novos veículos

Fonte: CG News/PCS

Quatro municípios de Mato Grosso do Sul foram incluídos na lista de beneficiados pelo Ministério da Saúde com a entrega de ambulâncias para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).
Solenidade para encaminhamento dos veículos foi realizada na manhã desta sexta-feira (2) em Sorocaba (SP), na presença do presidente Michel Temer e do ministro da Saúde, Ricardo Barros.
A relação divulgada pelo Ministério da Saúde aponta que Corumbá, Coxim, Ribas do Rio Pardo e Terenos estão entre as 219 cidades do país, de 25 Estados, que receberão as ambulâncias. Foram adquiridos 300 veículos Mercedes-Benz, entregues na sede da montadora na cidade paulista.
“Há sete anos [as cidades] não recebiam ambulâncias, é uma certa revolução que estamos fazendo na saúde”, declarou Temer.
Cada ambulância teve custo de R$ 176 mil. De acordo com o ministro Ricardo Barros, os prefeitos das cidades contempladas terão 15 dias para retirar os veículos. Do contrário, eles serão repassados a outro município que também necessite. “Temos urgência em colocar isso à disposição da população”, disse Barros, segundo a Agência Brasil.
O ministro esclareceu que o critério técnico usado na escolha das cidades que receberiam ambulâncias foi por ordem de antiguidade. O objetivo é substituir veículos mais velhos, com mais de três anos de uso. “Os prefeitos gastam muito com manutenção de ambulâncias velhas”, argumentou.
Rastreio
As próximas ambulâncias a serem entregues sairão com um chip, capaz de rastrear os trajetos dos veículos e indicar quais estão mais rodados, a serem priorizados nas próximas trocas. Outra vantagem do chip será impedir tráfico de armas e drogas dentro de ambulâncias. “Hoje, se você liga a ambulância, enche de drogas e armas, liga a sirene, ninguém vai pará-la”, disse Barros.
A previsão do Ministério da Saúde é que o número total de novas ambulâncias entregues até o final deste ano seja de 2.173 unidades – suficiente para renovar 65,7% de toda a frota. Segundo o ministro da saúde, estão previstas mais entregas no próximo mês.
O ministério também contabiliza a entrega de cerca de mil vans para transporte de pacientes que fazem procedimentos sem urgência dentro ou fora de seu município. Além dessas, somam-se 6,5 mil ambulâncias brancas, de caráter não emergencial. 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2018.