Hospitais de Mato Grosso do Sul mantém 938 aparelhos parados
Sábado | 15 de Dezembro de 2018  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Segunda-feira | 05 de Março de 2018    08h27

Hospitais de Mato Grosso do Sul mantém 938 aparelhos parados

Na Santa Casa e HU, R$ 17,3 milhões em equipamentos estão “encaixotados”

Fonte: Correio do Estado

Enquanto pacientes aguardam na fila para fazer exames neurológicos, cardiovasculares e radiológicos, por exemplo, Mato Grosso do Sul tem 938 equipamentos de saúde fora de uso. Somente nos dois hospitais que mais atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso do Sul - a Santa Casa e o Universitário - a quantidade de maquinário parado corresponde a investimento de R$ 17,3 milhões perdido.

Entre os aparatos sem uso estão aparelhos de diagnóstico por imagem (como raio-X e ultrassom), os de manutenção da vida (reanimador pulmonar, respirador e desfibrilador), entre outros, existentes na rede pública e privada. Os dados são do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), do Ministério da Saúde. 

Registros do CNES referente a janeiro de 2018 indicam que entre os principais equipamentos inutilizados estão 388 de odontologia, 267 para manutenção de vida, 64 de diagnóstico por imagem, 47 de diagnóstico por métodos ópticos, 24 de infraestrutura, 40 de diagnóstico por métodos gráficos, além de outros 101 diversos. Falta de estrutura, de servidores e profissionais capacitados para operar o maquinário, aliados a equipamentos estragados ou em manutenção, são os principais fatores para que parte deles esteja sem uso. 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2018.