Aos 35 anos, Kaká anuncia aposentadoria do futebol
Sexta-feira | 14 de Dezembro de 2018  |    (67) 3291-3668  
 (67) 3291-3668  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Terça-feira | 19 de Dezembro de 2017    08h35

Aos 35 anos, Kaká anuncia aposentadoria do futebol

Kaká anunciou no domingo (17) que se aposentou do futebol. Em entrevista a Galvão Bueno no “Esporte Espetacular”, o meia de 35 anos afirmou que pretende estudar para ocupar um cargo de gestão.

Fonte: Correio do Estado

Kaká anunciou no domingo (17) que se aposentou do futebol. Em entrevista a Galvão Bueno no “Esporte Espetacular”, o meia de 35 anos afirmou que pretende estudar para ocupar um cargo de gestão.
“Muito consciente que esse é o momento de encerrar minha carreira como jogador profissional. O ciclo da minha carreira se encerra aqui”.
O anúncio veio em um quadro especial do programa junto com Galvão Bueno. Dentro do Morumbi, estádio do São Paulo, time que revelou Kaká para o futebol, a dupla relembrou os principais momentos da carreira do meia brasileiro.
Durante a entrevista, Kaká afirmou que a eliminação na Copa do Mundo de 2006 para a França foi a mais difícil de sua passagem pela seleção brasileira. Quatro anos mais tarde, o Brasil voltaria a cair nas quartas de final, desta vez para a Holanda.
“O mais doído foi perder da França em 2006. Depois de 82, a de 2006 foi uma das melhores de elenco, de nomes, que o Brasil já teve. Perder daquela forma foi difícil”, afirmou.
Sobre os clubes, Kaká relembrou sua passagem pelo Real Madrid. Contratado após vencer o prêmio de melhor jogador do mundo, o brasileiro sofreu com lesões e mal conseguiu atuar na equipe comandada por José Mourinho.
“Não foi o que eu esperava. Mais uma vez, uma grande lição para mim. Não tive problema (com Mourinho). Em todo momento, não transferi para ele ou para o Real Madrid culpa alguma”, completou.
Kaká se aposenta do futebol tendo conquistado uma vez a Liga dos Campeões (2006/07), um Mundial de Clubes (2007), um Campeonato Espanhol (2011/12), a Copa do Mundo (2002) e a Copa das Confederações (2005 e 2009) como seus principais títulos. No São Paulo, único time que defendeu no Brasil, o meia foi campeão do Rio-São Paulo de 2001.

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2018.