• Painel de Controle
Terça-feira, 17 de Outubro de 2017
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Terça

23ºMIN39ºMAX

Coxim - Quarta

24ºMIN37ºMAX

Coxim - Quinta

24ºMIN36ºMAX

Coxim - Sexta

23ºMIN33ºMAX

Mulheres aprendem a produzir pães e salgados no CRAS Piracema
Com o objetivo de incentivar o consumo de alimentos caseiros produzidos com padrões de qualidade, o Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS, em parceria com o Sindicato Rural de Coxim e a Prefeitura de Coxim, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS) ofereceu o Curso de Produção de Pães, Bolos, Biscoitos e Salgados no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Piracema, em Coxim, na semana passada.

Fabio Pelleg              10/10/2017    08h30
foto: Divulgação

Com o objetivo de incentivar o consumo de alimentos caseiros produzidos com padrões de qualidade, o Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS, em parceria com o Sindicato Rural de Coxim e a Prefeitura de Coxim, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS) ofereceu o Curso de Produção de Pães, Bolos, Biscoitos e Salgados no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Piracema, em Coxim, na semana passada.
O diferencial de um produto artesanal para um industrializado está na forma de produção e nas características de cada ingrediente. Segundo a nutricionista e instrutora do Senar/MS, Ocalícia Tiago Campos, “escolher insumos de boas marcas é o primeiro passo para uma produção caseira de qualidade”.
Durante as 24 horas de capacitação foram produzidos pão caseiro integral e de batata, salgados como esfirra, bolos, cucas, bolachas e biscoitos de polvilho e nata. “A princípio, o foco do curso é produzir de maneira artesanal para a família, mas nós exploramos a oportunidade de comercialização”, ressalta Ocalícia ao afirmar que o rendimento de um pão, bolo, biscoito ou salgado artesanal é três vezes superior ao custo de produção.
Para o secretário municipal de Cidadania e Assistência Social, Adenilson Villaba, a parceria da Prefeitura com o Sindicato Rural e o SENAR, que oferece o curso, é de grande valia: “Capacitar essas doze mulheres possibilitando uma renda para atender o ciclo familiar é umaciativa louvável, dessa forma oferecemos uma capacitação à comunidade que realmente pode transformar a vida dessas pessoas positivamente”.
Uma das alunas do curso, Juraci Cunha Oliveira, disse este foi o terceiro curso que fez: “A instrutora nos ensinou com paciência, aprendemos e já quero começar a vender. Agradeço a oportunidade pois para nós, que não temos condições financeiras, é muito bom. Esse já é o terceiro curso que faço, além das amizades que fazemos”. (Fabio Pelleg)


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Fromulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.