• Painel de Controle
Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Sexta

17ºMIN26ºMAX

Coxim - Sábado

20ºMIN32ºMAX

Coxim - Domingo

16ºMIN25ºMAX

Coxim - Segunda

13ºMIN24ºMAX

Bandeira do Divino visita governadoria e Assembleia
Campo Grande

Redação              06/06/2017    12h06

 

Considerada o principal símbolo da Festa do Divino – uma das manifestações culturais/religiosas mais tradicionais e antigas de Mato Grosso do Sul, a Bandeira do Divino Espírito Santo passou pela Governadoria ontem (5) para arrecadar donativos e receber declarações de fé. O lábaro foi recepcionado por servidores, pelo governador Reinaldo Azambuja e pela primeira-dama Fátima Azambuja.

A Festa do Divino é realizada em Coxim (oficialmente) há 122 anos. Em Campo Grande chega a sua 23ª edição em 2017. Conforme a tradição, antes das festividades, a Bandeira visita casas, fazendas, comércios, entidades e instituições públicas e privadas em busca de doações para a realização do evento.

No Estado, a manifestação está no Calendário Cívico e Cultural – Lei 3.586/2008. Durante a visita, o padre da Catedral São José (Coxim), Micael Carlos Andrejzwski, destacou as bênçãos sobre Mato Grosso do Sul. “Um estado jovem e fraterno. O nosso pedido é que reine sempre muita paz e muito amor”, disse o pároco.

MISSA
A Santa Missa do mês junho na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) celebrou ontem (5) os dons do Divino Espírito Santo que, segundo a Bíblia, são a sabedoria, a inteligência, o conselho, a fortaleza, o conhecimento, a piedade e o temor a Deus. A missa, celebrada no Plenário Júlio Maia, recebeu deputados, servidores e os festeiros das cidades de Coxim – que celebram 122ª Festa, e de Campo Grande, que promovem a 23ª Festa do Espírito Santo na Capital.

Presente na missa, o prefeito de Coxim, Aluizio São José (PSB), explicou os significados da comemoração que é considerada patrimônio cultural. “Há três casais festeiros, o primeiro festeiro-mor que é responsável pela coroa, em seguida o capitão do mastro, responsável pelo cetro e os alferes da bandeira, que carregam a bandeira do Espírito Santo. Eles são acompanhados pelos foliões, composto pelo trio de violeiro, sanfoneiro e um taroleiro”. Os festeiros também arrecadam donativos para doação.

A festa se inicia no primeiro domingo de maio e conclui na segunda quinzena do mês de junho e passa pelas casas para abençoar os lares com a presença do Divino Espírito Santo. Dia 11 de junho ocorre o almoço festivo na Casa do Cursilho, na Rua do Seminário, 2055, bairro Seminário. 


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Fromulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.