• Painel de Controle
Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Sexta

17ºMIN26ºMAX

Coxim - Sábado

20ºMIN32ºMAX

Coxim - Domingo

16ºMIN25ºMAX

Coxim - Segunda

13ºMIN24ºMAX

Cerca de 4 mil motoristas podem perder a CNH em MS
Em MS

              05/05/2017    12h09

 

Cerca de quatro mil motoristas que foram flagrados dirigindo em alta velocidade nas rodovias de Mato Grosso do Sul podem perder a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A multa por excesso de velocidade pode chegar a R$ 800.

Quando o condutor não é encontrado para ser notificado em casa, o nome dele é publicado em Diário Oficial com o comunicado da suspensão de habilitação. Quem não concorda, tem até 15 dias para recorrer no próprio Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Na semana passada, um motorista flagrado a quase 170 quilômetros por hora vai ter a habilitação suspensa. Uma velocidade tão alta como essa é considerada infração gravíssima. Basta um flagrante assim do radar pra ficar um tempo sem dirigir.

Este ano, já são mais de 38,6 mil flagrantes de excesso de velocidade nas rodovias federais do estado. E no país, quase 600 mil. Em 10 mil deles, os condutores estavam 50% acima do permitido. Mesmo quem não foi abordado por um policial na estrada, mas foi pego no radar, recebe uma carta em casa depois.

O Detran é o responsável pela punição dos apressadinhos flagrados em radares nas rodovias ou mesmo dentro das cidades. E nem adianta achar que o excesso cometido durante uma viagem pra outro estado não será punido.

Em Mato Grosso do Sul, o excesso de velocidade é a principal causa de suspensão das habilitações. Por este motivo, foram 8,2 mil processos abertos no ano passado e já são 4 mil, este ano. Em todo o país, mais de 1 milhão de motoristas tiveram a habilitação suspensa, no ano passado e este ano, mais de 150 mil.

Ao todo, pelo código de trânsito, 19 infrações levam a suspensão da CNH entre um e doze meses, dependendo da irregularidade. Para ter a CNH de volta não basta cumprir a suspensão, o condutor tem que fazer um curso de reciclagem e passar por uma prova teórica. Para isso, tem que desembolsar em torno de R$ 300.

 


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Fromulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.