• Painel de Controle
Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Sexta

19ºMIN26ºMAX

Coxim - Sábado

20ºMIN32ºMAX

Coxim - Domingo

16ºMIN25ºMAX

Coxim - Segunda

13ºMIN24ºMAX

Licença para pesca é obrigatória nos rios de MS, alerta PMA
PMA

              07/03/2017    12h45
foto: PMA

 

Depois de quatro meses com o material de pesca guardado, tem muito pescador amador contando as horas para tentar fisgar um peixe nos rios de Mato Grosso do Sul. Este é o primeiro final de semana após a piracema, que terminou na última quarta-feira (1).

Tem muita gente pegando a estrada, por isso é importante estar atento a algumas recomendações para que a diversão não se torne um problema. Para estar em situação regular, o pescador precisa ter em mãos a licença de pesca.

O tenente Valdir Roloff Junior da Polícia Militar Ambiental (PMA), explica que existem dois tipos de licença, além da esportiva, a embarcada ou a desembarcada. “O pescador sofre uma sanção administrativa, uma multa por ele não estar, ou estar portando a licença incorreta. Existem duas licenças a estadual, ou a federal para rios que passam por mais de um Estado, como o Paraguai, Paraná e rio Apa".

Ainda segundo a PMA, a licença federal é emitida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e vale apenas para os rios de domínio federal. Já para quem vai pescar nos riso do estado precisa da licença estadual que é emitida pelo Instituto Meio Ambiente (Imasul).

O tenente explica que mesmo para pescar com varinha no barranco dos rios é preciso ter a licença estadual. A multa prevista é de R$ 300. No retorno da pesca, o pescador tem que passar pelos postos da PMA para vistoriar e lacrar o pescado.

 


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Fromulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.