• Painel de Controle
Sábado, 24 de Junho de 2017
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Sábado

17ºMIN31ºMAX

Coxim - Domingo

17ºMIN31ºMAX

Coxim - Segunda

16ºMIN30ºMAX

Coxim - Terça

17ºMIN31ºMAX

Ribeirinhos voltam a denunciar crime ambiental no rio Taquari
Em tempos em que tanto se debate o assunto referente à importância da preservação ambiental, a poluição lançada nas águas do rio Taquari mostra o descaso e a falta de consciência de algumas pessoas

Carlos Pires              25/08/2015    09h47
foto: Carlos Pires

Moradores ribeirinhos acionaram novamente a equipe de reportagem do Diário do Estado para denunciar uma tubulação de esgoto que atravessa a Rua Delmira Bandeira e que está provocando derramamento de combustível no Rio Taquari, no centro de Coxim.
A primeira denúncia foi feita no dia 03 de março quando então foram tomadas algumas providências e a poluição cessou, mas na última sexta-feira (21) o problema ressurgiu e as águas do Taquari estão sofrendo novamente com o derramamento de óleo diesel, que além de causar meu cheiro, impede que os ribeirinhos da região central possam tirar o seu principal alimento do rio, que é o peixe.
O Diário do Estado esteve in loco na travessa que desemboca no final da Rua Delmira Bandeira e termina nas margens do rio e flagrou o combustível sendo lançado nas águas do Taquari através da tubulação de esgoto. De acordo com os moradores o que mais incomoda é o mau cheiro constante do combustível, especialmente durante todo o dia, e também à noite. O fato foi constatado ao longo das moradias que margeiam o rio.
Os moradores cobram ações efetivas da Polícia Militar Ambiental, Vigilância Sanitária, Ministério Público e OAB/Coxim. Os moradores contaram que já seguiram o mau cheiro através das bocas-de-lobo e disseram que o odor começa na Rua Delmira Bandeira quase esquina com a Rua Fernando Correa da Costa.
Alguns moradores aproveitaram para denunciar também que algumas pessoas das redondezas estão lançando diariamente todo tipo de lixo e entulho nas águas do Taquari. Segundo um morador relatou ao Diário do Estado, ao invés de por o lixo na rua para que o caminhão faça a coleta, algumas pessoas sem noção preferem jogá-lo no rio, numa demonstração de falta de respeito com a natureza.
Em tempos em que tanto se debate o assunto referente à importância da preservação ambiental, a poluição lançada nas águas do rio Taquari mostra o descaso e a falta de consciência de algumas pessoas para com o meio ambiente. Além de incorrerem em crime contra a natureza e demonstrar um sério problema de saúde pública, a poluição do rio pode ocasionar a mortandade de peixes.
Quanto ao combustível os moradores afirmam ainda que o caso é antigo, porém o esgoto voltou a lançar óleo nas águas do Taquari na última sexta-feira. Os ribeirinhos pedem urgentemente a presença das autoridades competentes no local para resolver o problema e autuar os responsáveis pela poluição ambiental.


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Fromulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.