PP de Coxim abre mão de candidatura própria para apoiar Edilson Magro
Sábado | 19 de Setembro de 2020  |    (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
 (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Terça-feira | 15 de Setembro de 2020    10h30

PP de Coxim abre mão de candidatura própria para apoiar Edilson Magro

A decisão foi tomada pelo partido na noite de ontem (14), em convenção da sigla.

Fonte: Edição de Noticias
Foto: Divulgação

O Partido Progressista abriu mão de candidatura própria e vai apoiar Edilson Magro, do Democratas. A decisão foi tomada pelo partido na noite de ontem (14), em convenção da sigla.

O PP tinha o presidente municipal, Serginho do Bombeiro, como pré-candidato a prefeito. Agora, na composição, a sigla vai lançar apenas candidatos a vereadores, são 19 no total, sendo 13 homens e seis mulheres.

Além do Partido Progressista, Edilson também já conquistou o apoio do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira). Nos bastidores políticos a informação é de que o partido do governador Reinaldo Azambuja vai indicar o candidato a vice, que ainda não é consenso entre os tucanos. O reforço só deve ser oficializado na convenção partidária do PSDB, na quarta-feira (16).

Na mesma data, que é limite imposto pela Justiça Eleitoral, acontece a convenção do Democratas. Ainda nesta terça-feira (15) fazem convenções o PSB (Partido Socialista Brasileiro), de Aluizio São José, PSD (Partido Social Democrático), de Carlão da Triângulo e PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), de Maocir Kohl, que já anunciou que não é candidato a nada.

Já confirmaram candidaturas:

Pedro Ronny Argerin, do PDT (Partido Democrático Trabalhista), que ainda não oficializou o vice. Ele chegou a anunciar Kohl, que negou dois dias depois. Especulações dão conta que o MDB (Movimento Democrático Brasileiro), que já decidiu apoiar Pedro, indicaria o vice.

Airton da Farmácia, do PV (Partido Verde), que tem Ariel Albrecht, do mesmo partido como vice também já confirmaram candidaturas. O Partido dos Trabalhadores bateu o martelo no nome de Vladimir Ferreira, que tem o companheiro de sigla, Severino Ferreira, como vice.

O Rede também já fez convenção e Joaquim França abriu mão da candidatura para ser vice de Osiel de Souza, do Solidariedade, que também oficializa na data limite, assim como o Podemos, que até o fechamento da reportagem tinha Careca como pré-candidato.

Mais imagens
www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2020.