Ex-secretário de Saúde aproveita pandemia e consegue prisão domiciliar
Quinta-feira | 09 de Abril de 2020  |    (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
 (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Terça-feira | 24 de Março de 2020    10h05

Ex-secretário de Saúde aproveita pandemia e consegue prisão domiciliar

A Justiça Federal concedeu ontem prisão domiciliar ao ex-secretário de Saúde de Dourados Renato Oliveira Garcez Vidigal, preso desde novembro acusado de desviar dinheiro da saúde pública.

Fonte: Diário MS
Foto: Divulgação

A Justiça Federal concedeu ontem prisão domiciliar ao ex-secretário de Saúde de Dourados Renato Oliveira Garcez Vidigal, preso desde novembro acusado de desviar dinheiro da saúde pública. A decisão leva em conta recomendação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) em relação a presos provisórios e do regime semiaberto por causa da pandemia do novo coronavírus.

Vidigal terá de ficar o dia e a noite em casa, monitorado por tornozeleira eletrônica.

Para conseguir a prisão domiciliar, Vidigal apresentou atestado médico afirmando ser portador de “grave deformidade em via aérea superior – fenda palatal – com fístula e abscesso orofaríngeo”. Também afirmou sofrer de bronquite asmática, com uso diário de corticóides e bronco dilatadores, e sinusite crônica em razão de má formação da face, “doenças respiratórias suscetíveis de agravamento a partir do contágio pelo Covid-19”. Até o início da noite de ontem ele continuava na PED (Penitenciária Estadual de Dourados), aguardando instalação de tornozeleira eletrônica.

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2020.