Sucuri de sete metros é encontrada por funcionários de usina em MS
Quinta-feira | 27 de Fevereiro de 2020  |    (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
 (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Sexta-feira | 24 de Janeiro de 2020    15h45

Sucuri de sete metros é encontrada por funcionários de usina em MS

Sucuri de sete metros é encontrada em sala de máquina de usina hidrelétrica, em Cassilândia.

Fonte: CE/ML
Foto: PMA

Sucuri de sete metros é encontrada em sala de máquina de usina hidrelétrica, em Cassilândia.

Funcionários da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Indaiazinho, localizada a 70 km da cidade de Cassilândia, iriam realizar manutenção na sala de máquinas, na tarde da última quinta-feira (23), e se depararam com uma serpente de sete metros no local. Os funcionários acionaram a Polícia Militar Ambiental (PMA).

A serpente é da espécie Eunectes notaeus (sucuri-amarela), que pesava aproximadamente 85 quilos.

Foi necessário montar uma operação mais minuciosa para que a sucuri e os policiais não fossem machucados.

Depois de algumas horas, a sucuri foi capturada e em seguida foi solta em seu habitat natural, em uma vegetação às margens do córrego Indaiazinho.

De cobra-coral a tamanduá, Polícia Militar Ambiental (PMA) capturou 1.766 animais silvestres na área urbana, em Mato Grosso do Sul. Uma média de 4,8 animais por dia e de 2,2 só em Campo Grande. Os animais vítimas de tráfico não foram computados que em 2019 somou 345 aves.

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2020.