Localização do corpo de Wendel Alves no rio Taquari marca começo de semana triste em Coxim
Sábado | 17 de Agosto de 2019  |    (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
 (67) 3291-3668  |    67 99983-4015 | 67 99996-1218  
Expediente  |  Anuncie  |  Assine  |  Contato
Terça-feira | 13 de Agosto de 2019    09h15

Localização do corpo de Wendel Alves no rio Taquari marca começo de semana triste em Coxim

O Corpo do jovem Wendel Silva Alves, de 21 anos que desapareceu no Rio Taquari, após sair para pescar com colegas, foi encontrado na manhã de ontem.

Fonte: Cesar Rodrigues
Foto: Reprodução / Thiago Silva e Facebook

Segunda-feira começou triste em Coxim com a localização do corpo do jovem Wendel Silva Alves (21) por um pescador há cerca de 800 metros do local do afogamento. Ele acionou o Corpo de Bombeiros que retirou a vítima da água. Por ironia trágica do destino Wendel morreu há pelo menos cem metros de sua residência.  
Segundo informações de conhecimento público colegas de trabalho do jovem disseram que ele desapareceu por volta das 20 horas da última quarta-feira (7) enquanto passavam rede no rio Taquari, na zona urbana de Coxim. Ficou cinco dias boiando nas águas do Rio Taquari. 
A polícia investiga porque - no momento do desaparecimento - os colegas não acionaram socorro e nem informaram a família de Alves sobre o caso. Segundo notícia já postado na mídia local teriam omitido da esposa de Alves o fato de estarem pescando e seu paradeiro. 
Eles procuraram o Corpo de Bombeiros somente na tarde de sexta-feira (9) depois que o caso ganhou repercussão da imprensa. Anderson e Valderley foram ouvidos e liberados. No entanto, a polícia apreendeu os celulares de ambos, a canoa utilizada na pescaria e o veículo, um GM Celta, de cor prata. O jovem saiu de casa, na região central de Coxim, por volta das 18h30 de quarta-feira (7), para pescar quando morreu. 

www.diariodoestadoms.com.br
© Copyright 2013-2019.