• Painel de Controle
Segunda-feira, 16 de Julho de 2018
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Segunda

19ºMIN35ºMAX

Coxim - Terça

20ºMIN35ºMAX

Coxim - Quarta

19ºMIN34ºMAX

Coxim - Quinta

19ºMIN34ºMAX

Funcionários implantam horta para abastecer refeitório do HR de Coxim

Sheila Forato              11/07/2018    09h01
foto: Arquivo Pessoal

Adriano Piovesan, Dalmar Francisquetti e Davi Soares dos Santos são três funcionários do Hospital Regional Álvaro Fontoura, em Coxim, que tem feito a diferença na vida das pessoas. Ao contrário da maioria, que deve se espelhar nesse trio, eles deixam suas casas, todos os dias, procurando fazer a diferença, independente das dificuldades que encontram pelo caminho.
Por pensar assim, eles deram início a horta do HR de Coxim, que já produz 11 tipos de verduras e atende o refeitório local. Mas, a ideia é expandir o projeto, fornecer verduras para os 52 pacientes da hemodiálise uma vez por semana e promover uma feirinha entre os funcionários do hospital para aquisição de sementes. 
Segundo Piovesan, que é gerente de Manutenção Hospitalar, a ideia nasceu quando a hemodiálise foi implantada e ele recebeu a informação que 10 mil litros de água, rica em minerais, seriam jogados fora. “Na hora eu pensei, vamos fazer uma horta e usar essa água na irrigação. Porém, sabia que o hospital trabalha com orçamento apertado e não teria condições de fazer esse investimento”, comentou. Entretanto, ele não desistiu. Amadureceu a ideia, conversou com colegas e tirou dinheiro do próprio bolso, assim como muitos funcionários do HR, para comprar as primeiras sementes. Com o apoio de Francisquetti e Santos eles começaram a preparar a terra. O único adubo é esterco, que eles recolhem no curral de produtores que se dispõem a ajudar. “Ganhamos o esterco e em contrapartida fazemos a limpeza do curral desses colaboradores”, brincou o gerente.
Em pouco tempo o trio viu as verduras apontarem na terra e começou a abastecer a cozinha do hospital. De acordo com Piovesan, eles ainda não conseguiram aproveitar a água que a hemodiálise joga fora. Para tanto, eles precisam investir em duas caixas de água de cinco mil litros, mas não tem recursos. Outra preocupação do trio é com o sol, pois a horta ainda não tem sombrite. 
“Eu sei que algumas pessoas vão ler e questionar com aquelas frases prontas, tipo: porque o hospital não investe, onde está fulano que não enxerga a necessidade, mas, os cidadãos precisam entender que não podemos e muito menos devemos esperar tudo do poder público. A verdade é que Coxim é um município de médio porte, com muitos problemas que se arrastam há décadas e com uma arrecadação abaixo de suas necessidades. É por isso que cada um de nós tem que procurar fazer a diferença e ajudar a cidade que amamos. Sou paranaense, mas minha família escolheu Coxim para viver, foi aqui que constituí minha família e é aqui que pretendo viver por toda a minha vida”, finalizou Piovesan.
Se você tiver condições de ajudar na aquisição das caixas de água e do sombrite (aproximadamente 200 metros) entre em contato com Adriano Piovesan, através do 67 9.9652-0091.


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Formulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.