• Painel de Controle
Segunda-feira, 18 de Junho de 2018
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Segunda

16ºMIN28ºMAX

Coxim - Terça

17ºMIN29ºMAX

Coxim - Quarta

18ºMIN30ºMAX

Coxim - Quinta

18ºMIN31ºMAX

O outro lado do paraíso: Clara sofrerá novo golpe de Sophia
Nos próximos capítulos de "O outro lado do paraíso", Clara (Bianca Bin) sofrerá um novo golpe de Sophia (Marieta Severo) e perderá a disputa pela guarda de Tomaz (Vitor Figueiredo).

Patricia Kogut              11/01/2018    18h35
foto: Divulgação

Tudo começará quando a vilã, interessada em manter o controle das minas de esmeralda, contratar Rato (César Ferrario) para atropelar Raquel (Érika Januza) com o objetivo de afastá-la do julgamento do processo. Depois disso, mandará Gustavo (Luis Melo) assumir o caso e subornará o juiz.

- Serei obrigado a me expor. Isso vai custar muito caro - dirá o marido de Nádia (Eliane Giardini).

A megera topará pagar o valor estipulado. Mais tarde, Sophia se encontrará com Samuel (Eriberto Leão) e pedirá que o médico faça um laudo psiquiátrico contra Clara, mas ele não aceitará. A mãe de Gael (Sergio Guizé), então, aliciará outra profissional para prestar depoimento.

Numa próxima sequência, Sophia e Clara já aparecerão na audiência. A mocinha tomará um susto ao descobrir que Gustavo será o juiz:

- Mas esse homem só me prejudicou.

Gael, que também estará presente, dará uma declaração:

- Hoje a guarda do Tomaz está dividida entre mim e minha mãe, Sophia. Mas eu já disse minha posição pra Clara, que é a mãe biológica. Como pai, abro mão da guarda do menino. A Clara tem muito amor pra dar. Tem coração. Eu sei que ela vai cuidar muito bem do Tomaz.

Em seguida, será a vez de Clara:

- Senhor juiz, eu estive longe muitos anos. Tomaz cresceu longe de mim. Não posso negar que ele é cuidado com extremo amor, em particular pela Lívia (Grazi Massafera). Também não nego que o menino esteja vivendo com conforto, estudando. Mas, quando se fala de um menor, não se trata apenas de bens materiais. O amor de mãe é insubstituível. Esperei todos esses anos para dar amor ao meu filho. Hoje tenho plenas condições de criá-lo, farei com que estude em uma boa escola. O senhor pode ver, no relatório da assistente social. Ela 

 

Amaral (Sérgio Fonta), então, se pronunciará:

- Eu sou Stênio Amaral, advogado de dona Sophia Montserrat e de sua família. Afirmo, perante todos, que Clara Tavares, apesar de tantas boas intenções, não tem condições de criar o próprio filho. Excelência, eu anexei o primeiro laudo de interdição da Clara ao processo.

Patrick (Thiago Fragoso) protestará, mas Gustavo permitirá que uma psiquiatra dê seu parecer:

- Analisei o primeiro laudo psiquiátrico da mãe biológica, Clara Tavares. Meu colega de profissão, Samuel dos Passos, que não está presente, na época, atestou esquizofrenia paranoide. Não há cura conhecida para essa condição - dirá ela, que continuará. - Como psiquiatra, estou certa de que ela pode ter tido um período mais pacífico. Sem sintomas aparentes. Mas, se passou anos em um hospício, acredito que os profissionais de lá não errariam em uma condição tão grave.

Amaral acusará Gael de não ter condições de criar o filho por causa de processos criminais que já sofreu. Gustavo, por sua vez, observará que Clara mora com Duda (Gloria Pires), uma mulher acusada de cometer assassinato. Após outras considerações, o juiz finalizará:

- Esse tribunal declara que a guarda do menor Tomaz Tavares Montserrat será dada unicamente à avó, dona Sophia Montserrat. A sessão está encerrada.


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Formulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.